Ode à Vida

” A minha Ode à Vida é um desabafo que retrata a paixão pela controversa natureza da vida animal, da vida inteligente, da vida do planeta e da vida universal na síntese e paralelismo terráqueos do bem e do mal , do bom e do mau, do paraíso e do inferno de um único ser inteligente. ”

Olímpio da Cunha

 

ODE À VIDA
MAGNÍFICA NATUREZA
À DERIVA NO UNIVERSO
ENIGMA DA INTELIGÊNCIA
PLANTADA NUM PLANETA
A RESPIRAR E A SANGRAR
A RENOVAR-SE E A MORRER
DE CALOR E FRÍO
DE PAZ E GUERRA
DE PAIXÃO E ÓDIO
DE ALEGRÍA E TRISTEZA
DE ÁGUA E FOGO
DE DIA E NOITE
DE SOMBRA E LUZ
DE MAGMA E GELO
EM FORMA DE VIDA
NO INFERNO DO MAL
PARALELO AO PARAÍSO
NO MARTÍRIO DA DOR
PARALELO AO PRAZER
NA ESCURIDÃO DA IGNORÂNCIA
PARALELA À SABEDORIA
NA PENUMBRA DA INOCÊNCIA
PARALELA À MALDADE
NA HARMONIA DA MÚSICA
PARALELA À EXPLOSÃO DOS VULCÕES
NA TERNURA DAS PALAVRAS
PARALELA AO GRITO DE DESESPERO
EM FORMA DE VIDA
A VIAJAR NO TEMPO
COLADA A ESTE PLANETA
QUE AMADURECE NO SONO
METADE DE CADA VEZ
CONTANDO AS MADRUGADAS
E FERVENDO AO SOL DO ESTÍO
INVENTANDO ESTRELAS
E BEBENDO O LUAR
PINTANDO CREPÚSCULOS
E CHEIRANDO FLORES
COMO QUEM QUER VIVER
CADA MICRON DE VIDA
E ALIMENTAR A ALMA
NA TURBULÊNCIA DA EVOLUÇÃO
COMO SE CADA ÁTOMO
FOSSE O UNIVERSO INTEIRO
E CADA VÍRGULA
FOSSE TODO O DISCURSO
E O PONTO FINAL
FOSSE UM RECOMEÇAR
E UMA GOTA DE ÁGUA
FOSSE TODO O OCEANO
EM FORMA DE VIDA
NUMA LÁGRIMA DE SAL
NUM ESPERMATOZÓIDE
OU NUM GLÓBULO VERMELHO
RASGANDO O VENTRE MADURO
NUM MILAGRE DE MULHER
A PARIR A VIDA
DESTE PLANETA REDONDO
COMO OS OLHOS E A CABEÇA
E TODO O CORPO DA VIDA INTELIGENTE
QUE VAI EM CADA SONHO
SENDO MAIS PERFEITA
EM CADA VÍRGULA MAIS DENSA
EM CADA DISCURSO MAIS NOBRE
EM CADA PARTO MAIS DIVINA
E EM CADA PONTO FINAL MAIS LIVRE
ATÉ SER SIMPLESMENTE VIDA
NESTA SIMPLES NATUREZA
DUM QUASE PARAÍSO
EMBRIAGANDO DE SONHOS OS JOVENS
QUE DESCEM OS RÍOS
NAVEGAM NOS OCEANOS
CORREM NO ESPAÇO VOANDO
E SÃO VIDA INTELIGENTE
EM FORMA DE VIDA
PARA CONTINUAR A VIDA
PORQUE TAMBÉM ELE É UM SER VIVO
NO ESPAÇO SIDERAL
À PROCURA DO SEU ESPAÇO
NUM PERCURSO CONTÍNUO
PARA ETERNIZAR A VIDA.
VIVA A VIDA! VIVA A VIDA!

Olìmpio da Cunha, poeta português

11218974_1003659609668161_6448138641965055490_n

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...